Segunda etapa do Transcatarina teve oito horas de prova

publicado em: 28/10/2021

Navegação intensa, duas planilhas, 1.500 tulipas e nível técnico apurado... Assim foi o segundo dia de competições do Transcatarina 2021, que teve como destino a cidade de Caçador

 

Os ânimos dos competidores já começaram a ficar a flor da pele e o nível técnico das etapas do 13º Transcatarina também subiu. A cada dia, aumenta-se mais as dificuldades para começar a separar “os homens dos meninos” e mostrar quem são os favoritos ao título da edição 2021. 

 

A prova entre as cidades de Fraiburgo e Caçador teve 205 quilômetros e passou por Rio das Antas. Foram oito horas de disputas para as categorias Máster, Graduados, Turismo, Turismo Iniciante e Turismo Light, em um percurso que passou por fazendas particulares de reflorestamento de pinus e terreno predominantemente de cascalho. 

 

“Essa etapa foi a ‘cara’ do Transcatarina”, destacou a navegadora Minae Miyauti. “Foi bastante pegada, com muita navegação e balaios, médias de velocidade justas; não dava para respirar. A planilha estava impecável”, completou. 

 

Duas de quatro etapas 

 

Após uma penalização de radar na primeira etapa, o piloto Gustavo Schmidt (Guga) e o navegador Jhonatan Ardigo recuperaram o prejuízo e, com a faca nos dentes, desbancaram todos os demais concorrentes da categoria Máster e conquistaram o primeiro lugar do segundo dia de disputas. “Essa prova foi mais longa, mais pesada e mais difícil. Mantivemos a concentração o dia inteiro e, com esse resultado, entramos na briga pelo título do 13º Transcatarina”, comemorou Guga. 

 

Na Graduado, Dirceu Potrich e Leonardo Borges Menarim deram sequência a boa fase e ampliam a vantagem para os adversários. “Ter um primeiro lugar no Transcatarina é muito gratificante. Estamos trabalhando para evoluir, construir uma dupla competitiva, para tão logo disputar entre os Máster”, vislumbrou Potrich. 

 

Entre os competidores da Turismo, Eder Reis e André Tondin venceram mais uma, mas ficaram surpresos com o resultado. “O nível técnico foi bem elevado, demandando precisão da dupla. Tivemos um pouco de dificuldade para colocar o carro no metro em alguns momentos, por isso, valorizamos muito esse pódio”, disse Reis. 

 

Na Turismo Iniciante, João Marques e Fabiana Marques deram a volta por cima. “Hoje foi um dia marcante aqui no Transcatarina, pois na primeira etapa ficamos em último lugar na categoria. Agora, estamos comemorando o primeiro lugar de um rali emocionante e divertido”, falou João. 

 

E para fechar os pódios do dia, na Turismo Light, Ricardo Luiz dos Santos e Gustavo Herdt Westrup conquistaram a segunda vitória consecutiva. “Foi uma prova bem diferente de ontem e mais cansativa: quase oito horas, técnica e com diversas mudanças de direção (direita e esquerda). Ainda estamos afinando a comunicação da dupla, e ficamos muito contentes com a nossa performance, principalmente com o nosso entrosamento”, encerrou Santos. 

Nesta sexta-feira (29), o Transcatarina ruma para a cidade de Lages (SC), em 290 quilômetros, com passagem por áreas de eucalipto e direito a travessia de rio. No total, o evento tem 265 veículos (sendo 345 carros somando o apoio), incluindo as categorias de passeio: Passeio Radical 01 e 02, Passeio Expedition, Passeio Camping e Adventure (01, 02 e 03). 

 

Classificação – Segunda etapa

Fraiburgo a Caçador (SC)

 

Categoria Máster

1º Gustavo Schmidt / Jhonatan Ardigo, 850 pontos perdidos

2º Leandro Rodrigo Riffel / Michael da Silveira Masson, 859 pontos perdidos

3º Marcelo de Freitas Gouveia / Igor Quirrenbach de Carvalho, 875 pontos perdidos

4º Leandro Pereira Moor / Claudio Roberto Flores, 906 pontos perdidos

5º Flávio Roberto Kath / Rafain Walendowsky, 918 pontos perdidos

 

Categoria Graduados

1º Dirceu Potrich / Leonardo Borges Menarim, 859 pontos perdidos

2º José Andrade Júnior / Bernardo Schafer Andrade, 870 pontos perdidos

3º Deonilson Salla / Leandro Macedo Ferreira, 1.135 pontos perdidos

4º Paulo Antonio Lacowicz / Ramon Paulo Lemos Lacowicz, 1.195 pontos perdidos

5º Rui Cesar Schmitz / André Luiz Lender, 1.208 pontos perdidos

 

Categoria Turismo

1º Eder Reis / André Tondin, 1.093 pontos perdidos

2º Leandro Paulo Barazetti / Marcos Vinicios Marchioro, 1.164 pontos perdidos

3º Gustavo Pereira de Amorim / Débora Bonatti, 1.201 pontos perdidos

4º Benedito Lopes / Fernando José Freneda da Silva, 1.313 pontos perdidos

5º Marcelo Cominesi  / Lucas Cominesi, 1.315 pontos perdidos

 

Categoria Turismo Iniciante

1º João Marques / Fabiana Marques, 1.131 pontos perdidos

2º Agostinho Hillebtrand / Fabio Augusto Conte, 1.241 pontos perdidos

3º Marcelo Vandresen / Paulo Roberto de Oliveira Júnior, 1.560pontos perdidos

4º Alessandro Rodrigo Weirich / Gabriela Lis Weirich, 1.628 pontos perdidos

5º Rafael Labhart / Luis Alberto Scarati Júnior, 1.747 pontos perdidos

 

Categoria Turismo Light

 

1º Ricardo Luiz dos Santos / Gustavo Herdt Westrup, 2.225 pontos perdidos

2º Alexia Guardia Dierberger / Dóris Pinheiro, 14.773 pontos perdidos

3º Antonio Becchi / Roelson Emílio Kielek, 19.305 pontos perdidos

4º Marco Brigagão Carraresi / Leonardo Framarim Carraresi, 99.795 pontos perdidos

5º Diony Edney Tschoke / Cintia Maria Giese Tschoke, 121.906 pontos

 

 

* Classificação completa em www.transcatarina.com.br

 

O 13º Transcatarina tem patrocínio de Santur, Governo de Santa Catarina, Hotel Renar, SFI Chips, Scherer Auto Peças, RH Brasil e Alfa Transportes

Apoio de Atacadão Pneus, Accert Transporte e Logística, DSTrac Performance 4x4, Grupo Gratt, Rede PMX - Posto Maçã, Orange Sun, Guinchos Fixxar, 3RS Confecções, FD Stands e Displays, Lave Bem Lavanderia, Santa Prev Saúde, Auto Elite VW, Cervejaria Holzbier, Prefeitura de Fraiburgo, Prefeitura de Caçador, Prefeitura de São Joaquim, Prefeitura de Lages e Prefeitura de Tubarão

Realização: Caçador Jeep Clube

Fale conosco
Fale conosco pelo WhatsApp