Transcatarina 2020: navegadores fizeram a diferença na segunda etapa do Transcatarina

publicado em: 29/10/2020

A segunda etapa do Transcatarina exigiu técnica de pilotagem, mas o destaque ficou por conta dos navegadores que enfrentaram muitos balaios e retomadas rápidas de velocidade

 

Com um grid formado por 195 veículos, divididos nas categorias competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Iniciante e Turismo Light), e passeio (Passeio Expedition, Passeio Radical 1 e 2, e Adventure 1, 2 e 3), o 12º Transcatarina deixou a cidade de Fraiburgo nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira, 29, rumo à Treze Tílias que, pela primeira vez, recebeu o evento. A chegada foi realizada em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

 

Treze Tílias é uma pequena cidade do centro oeste catarinense de colonização austríaca. É acolhedora e mantém, fortemente, a arquitetura e tradições da Áustria, sendo hoje a marca registrada do município. 

 

Balaios, balaios e mais balaios... 

A segunda etapa do Transcatarina teve 175 quilômetros e passou por algumas propriedades particulares de  reflorestamento de eucalipto e pinus, incluindo também os tradicionais pomares de maçã da região que, nesta época do ano, estavam floridos. Com piso seco, os veículos levantaram poeira; também houve uma travessia de rio. 

 

Segundo o diretor de prova, Vander Hirt, ao longo de todo o roteiro houve muitas pegadinhas, exigindo bastante concentração dos navegadores. “Em vários trechos, tivemos a oportunidade de colocar as pegadinhas e balaios para testar a pilotagem e a navegação dos participantes, com médias de velocidade justas em locais de referências próximas (mudanças de direção), exigindo raciocínio rápido e um hodômetro bem aferido. Posso dizer que experiência foi fundamental para cumprir a regularidade desta etapa, mas contar com a sorte também teve sua importância”, detalhou Hirt. 

 

Os vencedores da etapa 

Na categoria Máster, Anibal Maini Vieira e Fernando Torquato, de Juiz de Fora (MG) e São Bento do Sul (SC), foram os campeões. “A prova estava bem divertida, com médias de velocidades justas. Por ser uma prova longa, exigiu concentração. Também preservamos o carro, para evitar avarias, afinal, temos mais dois dias de certame”, falou Vieira. Na segunda posição, vieram Marcelo de Freitas Gouveia e Igor Quirrenbach de Carvalho, e na terceira posição, Flavio Roberto Kath e Rafain Walendowsky. 

 

A dupla Dirceu Potrich e Leonardo Borges Menarim, de Ipira (SC), fez 36 pontos e subiu no topo do pódio da categoria Graduados. “Etapa rápida, com muitas pegadinhas. Foi preciso ter muito foco e antecipar as mudanças bruscas de média de velocidade”, avaliou Menarim. Eles foram seguidos por Deonilson Salla e Henrique Domingos Glir, e Milton Roberto Dresh e Leandro Macedo Ferreira, em segundo e terceiro lugares. 

 

Pela categoria Turismo, os campeões do dia foram Paulo Antonio Lacowicz e Ramon Paulo Lemons Lacowicz, de Fraiburgo (SC), com 43 pontos. “O que mais me chamou a atenção foi a técnica do percurso, e muitas ruas dentro dos reflorestamentos, exigindo demais do navegador. Só faltou a chuva para apimentar a disputa”, disse Lacowicz. Na segunda colocação, ficaram Cézar Leobet e Eduardo Leobet, e na terceira, Osvaldo Prezotto e Nathalia Graciano. 

 

Entre os competidores da categoria Turismo Iniciante, os melhores foram Alan Fernando dos Santos e Alfredo Henrique da Mota Moor, de Apucarana (PR), com 39 pontos. “Foi uma prova técnica, com muitos balaios e entradas (mudança de direção) escondidas. Cometemos um erro, mas acreditamos que poderia dar certo e não desistimos de buscar pela melhor posição possível”, declarou Moor. Em segundo lugar ficaram Ricardo Hoffmann e Guilherme Hoffmann, e em terceiro lugar, Eduardo Pereira Silva e Maria Beatriz de Andrade Silva. 

 

Na categoria Turismo Light, a dupla vencedora foi Vinicius Parizotto Gustaman e Felipe Tavares, de Castro (PR), com 49 pontos. “Tivemos muitas dificuldades, principalmente nos balaios. Foi difícil, uma prova longa, e o nosso segredo para esse resultado foi manter a concentração”, disse Gustaman. Eles foram seguidos por Marco Aurélio Santana de Oliveira e Marcos Antônio Couto Neto, e Antonio Becchi e Cezar Mariani Ceron, nas segundas e terceiras posições, respectivamente. 

 

O Transcatarina continua nesta sexta-feira, despedindo-se de Treze Tílias rumo à cidade de Caçador, passando pela região de Taquara Verde. Serão 157 quilômetros de prova, com 100 quilômetros navegados, apresentando quase que as mesmas características desta primeira etapa. Os off-roaders passarão por fazendas de reflorestamento de pinus e eucaliptos, variando entre estradas mais fechadas e mais largas. Segundo Hirt, as médias de velocidade serão mais altas para dar aquela adrenalina aos participantes. “A etapa será completa com velocidade, pegadinhas e deslocamentos”. 

 

Passeio Radical 

   Pilotos, navegadores e zequinhas estavam animados e ansiosos para seguir com a aventura proposta pela categoria Passeio Radical 2, e às 7h30, o comboio partiu para encarar algumas trilhas que levavam sentido a Videira. E muitos foram os desafios, entre eles fojos e atoleiros. O almoço aconteceu na cidade de Pinheiro Preto e, na sequência, a turma visitou o ponto turístico do Túnel da Ferrovia, atravessando rios, parreirais e com direito a parada em algumas vinícolas. “Foi um dia bem produtivo, com muitos desafios para todo mundo”, disse o diretor da categoria Passeio Radical 2, Marcelo Renan Figueiredo. 

 

Para o participante Luiz Carlos Tomelin, foi categórico ao dizer que o segundo dia de Transcatarina foi perfeito. “Tivemos uma área de fojo bem legal e nos divertimos demais. A organização está de parabéns”, salientou. 

 

Classificação – segunda etapa

 

Categoria Máster

1º Anibal Maini Vieira / Fernando Santana Torquatto, 36 pontos

2º Marcelo de Freitas Gouveia / Igor Quirrenbach de Carvalho, 36 pontos

3º Flavio Roberto Kath / Rafain Walendowsky, 33 pontos

4º Victor Pudell / Ronaldo Willian Rodrigues dos Santos, 34 pontos

5º Eduardo Moser / Roberto Luiz Spessato, 31 pontos

 

Categoria Graduado 

1º Dirceu Potrich / Leonardo Borges Menarim, 36 pontos

2º Deonilson Salla / Henrique Domingos Glir, 30 pontos

3º Milton Roberto Dresh / Leandro Macedo Ferreira, 29 pontos

4º Paulo Renato Carvalho Ribeiro / Lucca Monteiro Carvalho Ribeiro, 25 pontos

5º Carlos Eduardo Ruschel / Alexandre Rech, 21 pontos

 

Categoria Turismo 

1º Paulo Antonio Lacowicz / Ramon Paulo Lemons Lacowicz, 43 pontos

2º Cézar Leobet / Eduardo Leobet, 36 pontos

3º Osvaldo Prezotto / Nathalia Graciano, 40 pontos

4º José Andrade Júnior / Bernardo Schafer Andrade, 35 pontos

5º Dirceu Araújo Salla / Rodrigo Dionizio Silva, 38 pontos

 

Categoria Turismo Iniciante

1º Alan Fernando dos Santos / Alfredo Henrique da Mota Moor, 39 pontos

2º Ricardo Hoffmann / Guilherme Hoffmann, 39 pontos

3º Eduardo Pereira Silva / Maria Beatriz de Andrade Silva, 44 pontos

4º Ricardo Silva de Farias Oliveira / Wilson Rodrigues Pinto, 36 pontos

5º Marcos Cominesi / Lucas Cominesi, 43 pontos

 

Categoria Turismo Light 

1º Vinicius Parizotto Gustaman / Felipe Tavares, 49 pontos

2º Marco Aurélio Santana de Oliveira / Marcos Antônio Couto Neto, 39 pontos

3º Antonio Becchi / Cezar Mariani Ceron, 39 pontos

4º Fernando Mees / Aline Bergmann, 36 pontos

5º Marcelo Vassoler / João Batista Freitas, 41 pontos  

 

O 12º Transcatarina tem patrocínio de Hotel Renar, SFI Chips e Scherer Auto Peças

Apoio de Mamute Off-Road, Grupo Gratt, Trilha Eurocar, FD Stands e Displays, Lave Bem Lavanderia, Orange Sun – Energia Renovável, Cervejaria Holzbier, Posto Maçã, Guinchos Fixxar, Kindermann Hotel, Vipal Rede Autorizada, RFX Pneus, Auto Elite VW, 3RS Confecções, Univita Saúde, Alfa Transportes, Accert Transportes e Logística, Treze Tílias Park Hotel, Linden – Das Echte Bier, Prefeitura Municipal de Caçador e Prefeitura Municipal de Fraiburgo 

Realização: Caçador Jeep Clube

Parceria: SC Racing

 

Fale conosco
Fale conosco pelo WhatsApp