Rally Transcatarina 2013: Desvendando as pluralidades de Santa Catarina

publicado em: 04/07/2013

 

Em menos de duas semanas será dada a largada para o 5º Rally Transcatarina, e a ansiedade é grande para a estreia das novas cidades-sede e do que elas têm a oferecer

 

04 de julho de 2013 - Todos aguardam com expectativa para conhecer o novo percurso do Rally Transcatarina, principalmente porque cinco das sete cidades-sede são novatas na competição: Timbó Grande, Canoinhas, Mafra, Rio Negrinho e Guaramirim, SC. O certame acontecerá entre os dias 17 e 20 de julho, com largada de Fraiburgo e chegada em Balneário Camboriú, SC.

O trajeto de aproximadamente 800 quilômetros será percorrido em três dias, passando por três regiões distintas que levará os competidores da serra ao mar. "O rali é importante para o nosso Estado e para Canoinhas, pois mostra que temos estrutura suficiente para oferecer e contribuir para a realização de um evento deste porte. Além disso, ele é importante para a nossa divulgação nacional", declarou o deputado estadual de Santa Catarina, Antônio Aguiar.

O roteiro passará por 21 cidades, privilegiando o Norte, o Meio Oeste e o Litoral de Santa Catarina. Colonizado por imigrantes europeus (portugueses, alemães, franceses, ucranianos, italianos, espanhóis, poloneses e, até mesmo, sírio libaneses), o Estado preserva uma rica multiplicidade cultural. E quem ganha com isso são os competidores, que acompanharão um pouco desses costumes.

De danças à culinária típicas, haverá muito a ser apresentado ou relembrado, como por exemplo, a dança Boi de Mamão, mais presente no litoral catarinene, que é parecida com o bumba-meu-boi, mas com encenação mais alegre. A Balainha é de origem portuguesa e também presente no litoral, os casais seguram um arco florido e fazem uma fila para que cada dupla passe o arco por cima e por baixo dos outros casais, além de outros passos que formam a coreografia. A Dança do Vilão também é portuguesa e foi adaptada pelos escravos. A coreografia consiste em movimentos de ataque e defesa, onde os dançarinos utilizam bastões de madeira. A dança é mais presente no Norte.

"Sempre apoiamos iniciativas que oportunizam as pessoas de outros locais a conhecerem nossa região. Para nós, canoinhenses, é motivo de alegria fazer parte da rota do Rally Transcatarina. Queremos que a caravana do evento se sinta em casa e aproveite a nossa infraestrutura hoteleira, hospitalidade e belezas naturais", afirmou o prefeito de Canoinhas, Beto Faria. Durante a passagem pelo município, a Fundação Cultural Helmy Wendt Mayer realizará uma mostra do artesanato local.


Roteiro - 5º Rally Transcatarina

17 de julho - Prólogo em Fraiburgo
18 de julho - Fraiburgo - Timbó Grande - Canoinhas
19 de julho - Canoinhas - Mafra - Rio Negrinho
20 de julho - Rio Negrinho - Guaramirim - Balneário Camboriú



O 5º Rally Transcatarina tem patrocínio de Ensimec, Hankook Pneus, Hotel Renar, Troller Veículos Especiais S.A, Santur, Petrobrás e Governo Federal

Apoio de Infinity Blue, Trilha SC, Ativa, Grafimax, RH Brasil, Prefeitura Municipal de Balneário Camboriú, Prefeitura Municipal de Rio Negrinho, Prefeitura Municipal de Fraiburgo, Prefeitura Municipal de Canoinhas, Prefeitura Municipal de Guaramirim, Prefeitura Municipal de Mafra, Prefeitura de Timbó Grande, Governo do Estado de Santa Catarina, Funturismo e Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte
Realização: SC Racing

Supervisão: CBA e FAUESC

Fale conosco
Fale conosco pelo WhatsApp