Enduro Brasil de Regularidade: 12 horas de superação que lavaram a alma dos competidores

publicado em: 24/03/2013

 

Uma experiência totalmente nova para pilotos e navegadores. A prova que abriu a temporada da Copa Brasil de Regularidade trouxe entusiasmo aos off-roaders que começaram a sonhar com o título nacional

 

Ao cruzar o pórtico de chegada do 1º Enduro Brasil de Regularidade, as duplas comemoravam com vigor a finalização de uma competição inovadora e que arrebatou corações. Diferente dos ralis tradicionais (que tem no máximo seis horas de duração), a prova realizada neste sábado, em Caçador, SC, propôs um desafio de 12 horas e teve um quorum surpreendente: 87 carros. A largada foi às 6h01, e o ponteiro do relógio já alcançava às 20h, quando o último veículo fechou o evento.

Sabe o que são 12 horas de disputa? Significa meio dia de concentração total, realizando a leitura precisa de uma planilha muito bem elaborada, desafiando obstáculos naturais a bordo de um 4x4, sob médias de velocidade impostas pela organização de prova. 

Foram 300 quilômetros de superação total, com 205 quilômetros navegados. O percurso era bem variado, com trechos abertos e fechados... Cerca de 90% do roteiro adentrou áreas de reflorestamento de pinus. A organização do evento - a SC Racing - preparou um trajeto com muitas mudanças de direção, várias curvas (fechadas e abertas), subidas, descidas e um pouco de lama. Na predominância, o piso foi bem compactado, apresentando cascalho. 

"Rodamos 1.500 quilômetros de Uberlândia até Caçador, e depois de fechar essa competição (independente da classificação que conquistamos), tivemos a convicção de que valeu a pena ter vindo", comentou a navegadora Márcia Maria Esteves Guerra, que contou com a pilotagem do marido José Eduardo Guerra. Tal é o tamanho que esse evento já conquistou, que nove estados estiveram representados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Goiás, Brasília, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.


Porque chegar já é uma vitória

Vencer é bom, claro! E todos que participaram do 1º Enduro Brasil de Regularidade vieram ao certame para ganhar. Mas depois de 12 horas consecutivas de disputas extremamente acirradas, onde a habilidade e resistência do conjunto - carro, piloto e navegador - foram exigidos ao extremo, terminar essa corrida e receber a champanhe comemorativo foi algo indescritível. 

Na Super Máster, dobradinha catarinense, com Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky, e Daniel Maffi e Enedir Silva Júnior. A dupla campeã vive uma excelente fase: venceu o Rally Transcatarina e Rally Estado de São Paulo de 2012, e agora, confirmou-se a grande favorita ao título da Copa Brasil de Regularidade. "Para essa prova eu não esperava tal resultado, porque o grid era muito grande e qualificado, e foi bem difícil manter a concentração 100% do tempo. Creio que o entrosamento da dupla foi essencial, uma vez que competimos juntos desde 2006 e temos uma comunicação perfeita", contou Walendowsky.

Entre os Graduados, só deu Curitiba, PR, no pódio. Os vencedores foram André Pereira de Queiroz e Ronaldo Rodrigues dos Santos, seguidos por Sandy Ricardo Roncaglio e Vinícius César Gunha, e Alessandro Rodrigo Weirich e Leandro Macedo Ferreira. "Para ser sincero, essas 12 horas passaram tão rápido que por nós poderia ter mais tempo de rali... Mas isso só aconteceu, porque a SC Racing acertou na receita, levantou um roteiro prazeroso de se fazer. Gostamos dessa nova proposta", elogiou Ronaldo. "O navegador foi bem exigido, porque tinha diversas mudanças de direção com as referências próximas", completou.

E para encerrar, na categoria Júnior, o recém chegados ao mundo off-road, Hobersom Henning e Gilberto Marcowicz Júnior levaram o primeiro lugar. "Viemos para ganhar, mas confesso que o resultado nos surpreendeu devido o tamanho da dificuldade que enfrentamos. Foi resistência pura, mas mantivemos a regularidade. Agora, vamos brigar pelo título da Copa", afirmou Marcowicz.

A Copa Brasil de Regularidade é composta também pelo Rally Transcatarina (julho) e Rally Estados de São Paulo (novembro).


O grande sorteio

E as inovações da SC Racing não pararam por aí. Durante a premiação, foi sorteado um carro zero quilômetro entre os competidores. Quanto maior a pontuação obtida, mais chances de ganhar. E depois de muito suspense e expectativa, o sortudo que levou um Fiat Uno para casa foi a dupla Rafael Augusto Avelar Pinto e Robson Formaggio Osório. "Nada mais emocionante do que ganhar um prêmio desses. Estamos sem palavras. Foi um rali sensacional", comemorou o navegador.


Resultado final - 1º Enduro Brasil de Regularidade

Categoria Super Máster


1º Flávio Roberto Kath e Rafain Walendowsky, 108 pontos
2º Daniel Maffi e Enedir Silva Júnior, 95 pontos
3º Otávio Enz e Allan Enz, 91 pontos
4º Rone Branco e André Lucas Munhoz, 87 pontos
5º Fernando Antânio de Padua Lage e Rafael Dal Bello, 86 pontos
6º Oscar José Schmidt, Gustavo Shmidt, 83 pontos
7º Wander de Almeida Filho e Jhonatan Ardigo, 80 pontos
8º Leandro Pereira Moor e Wagner Hirt Marques, 78 pontos
9º Cristiano Testoni e Claudio Roberto Flores, 75 pontos
10º Elvis Bonatti e Carlos Brandenburg, 68 pontos


Categoria Graduados

1º André Pereira de Queiroz e Ronaldo Rodrigues dos Santos, 108 pontos
2º Sandy Ricardo Roncaglio e Vinicius Cesar Gunha, 88 pontos
3º Alessandro Rodrigo Weirich e Leandro Macedo Ferreira, 88 pontos
4º André Luiz Pinto e Fábio Dutra, 83 pontos
5º Eduardo Ranghetti Rossi e Rogério Augusto Coelho, 82 pontos
6º Cassius Gilberto Gonçalves e Eduardo Felipe Finta, 81 pontos
7º Christian Marquardt e Edson Roberto Shmidt, 78 pontos
8º Robson Garcia e Rafael Prada, 75 pontos
9º Everton Gratt e Wesley Sari, 73 pontos
10º Júlio Cesar Bonotto Neto e Deividi Nardi, 69 pontos


Categoria Júnior

1º Hobersom Henning e Gilberto Marcowicz Junior, 98 pontos
2º Eduardo Schvambach e Júlio Cesar Matia Floriani, 95 pontos
3º Dorivaldo Mueller e Bianca Mueller, 92 pontos
4º Eduardo Szabunia Neto e Wilson Reichwald, 88 pontos
5º Rafael Augusto Avelar e Robson Formaggio Osorio, 86 pontos
6º Marcos Gustavo Francio e Bruno Razalen Tesser, 83 pontos
7º Talita Mueller Volles Lindemann e Bruno Eduardo Lindemann, 81 pontos
8º Cabongue de Simas Machado e Neto Andrade, 76 pontos
9º Vinicius Martendal e Luciano Gomes, 73 pontos
10º Irineu/Claudio Dalmina e Robson/Elmo Volkmann Filho, 70 pontos



O Enduro Brasil de Regularidade tem patrocínio de Ensimec, Hankook, Temasa - Indústria de Movéis - e Troller Veículos Especiais S.A

Apoio de Prefeitura Municipal de Calmon e Prefeitura Municipal de Caçador, Trilha SC, NR - Narciso Rotta Madeiras, Adami S/A, Agro Florestal Aliança, Laminados AB Ltda, Reflorestadora Sincol, Posto Dudo, Imóveis Fávero, Laboratório Camati, Nova Era Comunicação Visual, Transportadora 11 de Janeiro, Fiat Colussi, Madevali, SESC e SENAC

Realização: SC Racing

Parceria: Caçador Jeep Club

Supervisão: CBA - Confederação Brasileira de Automobilismo e FAUESC - Federação de Automobilismo de Santa Catarina

Fale conosco
Fale conosco pelo WhatsApp